Como dirigir um carro de maneira econômica

Comprar um carro no Brasil é uma tarefa penosa para muitos, a maioria se envolve em financiamentos que consomem boa parte da renda mensal por longos períodos e além das prestações, os novos donos de carros têm que reservar dinheiro todo mês para as despesas mensais que são necessárias somente para manter e estar em dia com a legislação.

Recentemente a agência AutoInforme divulgou uma pesquisa que estima que a despesa mensal com um carro gira em torno de 1.000 reais por mês. E entre as despesas, o combustível é o ítem que mais pesa na despesa mensal com um carro.

Para atenuar o peso do combustível na despesa mensal do carro, nada melhor que aprender algumas regras básicas para uma condução mais econômica. Ao dirigir um carro pensando em diminuir o máximo o consumo, a economia pode ser grande ao longo de um mês ou um ano, e de quebra, também há economia com peças e pneus. Veja a seguir algumas dicas valiosas para aprender a dirigir gastando menos.

Troca de Marchas

Saber a hora ideal para troca de marchas é essencial para diminuir o consumo e requer um pouco de prática e nessas horas que um conta-giros se torna um acessório muito útil. O ideal é trocar as marchas em torno de 2500rpm para motores 8V ou 3000rpm para motores 16V, com isso, aos 50km/h na maioria das vezes o carro já está pelo menos na 4ª marcha.

Freios e Acelerador

Quanto menos acionados os freios, maior será a economia. Usar o freio-motor, fazendo a redução de marchas, é uma maneira de diminuir a velocidade sem usar os freios. Outra maneira de economizar os freios é parar de acelerar e deixar o carro ir perdendo a velocidade quando ele se aproxima de um sinal vermelho.

Já os aceleradores devem ser utilizados de maneira suave e contínua, sem pisadas bruscas. O ideal é, após atingir os 50km/h manter uma velocidade constante. Em uma descida, sempre com a marcha engrenada, é possível tirar o pé do acelerador e aproveitar a inércia.

Quanto a velocidade, em uma estrada, procure não ultrapassar os 120km/h. Comparativos mostram que viajar a 120km/h pode consumir até 10% menos do que viajar a 130km/h.

Ignição

Muita gente tem esse hábito mas não é necessário dar a partida pisando no acelerador. Também é recomendável desligar o motor se a previsão é de ficar parado por mais de 30 segundos. Em dias frios, não é necessário “esquentar” o motor, dê a partida e arranque com o veículo.

Outras dicas

Pneus devem estar calibrados de acordo com as medidas descritas no manual. Andar com os pneus descalibrados pode aumentar o consumo em até 2% ou mais. Do mesmo modo, andar com os pneus calibrados acima do recomendado pelo fabricante, pode fazer com que eles se desgastem mais rapidamente, necessitando sua troca antecipadamente.

Evite deixar pesos no porta-malas do veículo. Cada 50kg no porta-malas pode fazer o consumo aumentar em torno de 2%.

O ar-condicionado é outro vilão no consumo do veículo. O ar-condicionado ligado rouba potência e pode fazer com que o veículo gaste até 15% a mais de combustível. Portanto só utilize o ar quando for realmente necessário.

Deixe uma resposta