Contratando um Arquiteto

No Brasil ainda é comum o hábito de fazer a reforma da casa sem consultar um arquiteto. Seja para construir uma casa, fazer um “puxadinho” ou apenas reorganizar e reformar algumas áreas, as pessoas geralmente optam por conversar diretamente com os pedreiros. Mas pode-se obter um resultado bem melhor se utilizarmos os serviços de um arquiteto.

Você pode contratar um arquiteto apenas para a realização do projeto arquitetônico ou também solicitar, além do projeto, o acompanhamento das obras. Para pequenas reformas apenas o projeto pode ser suficiente, mas quando se trata de projetos maiores, é aconselhável também que o arquiteto faça todo o acompanhamento e gerenciamento das obras.

Caso você queira fazer apenas um rearranjo do ambiente, como trocas de pisos, revestimentos, pinturas, entre outros, pode-se também contratar um arquiteto para uma consultoria, onde ele irá sugerir os produtos e mão-de-obra para realização da reforma. Nesse caso não são necessárias plantas e detalhamento técnico.

Com tantos arquitetos atuando no mercado fica difícil escolher o profissional certo para cada caso. Nesses casos, vale a pena pedir indicações de pessoas conhecidas. Outra sugestão é pesquisar em sites e revistas de casa e decoração, onde geralmente são apresentados projetos de reforma e construção e o nome do arquiteto responsável pela obra.

No primeiro contato com um arquiteto, também solicite um portfólio do profissional ou empresa para que você possa analisar os tipos de projetos que foram realizados por ele(s). O portfólio é uma lista de serviços prestados pelo profissional.

Se você está pensando em fazer aquela reforma na sua casa, sempre é bom considerar a contratação de um arquiteto.

Deixe uma resposta