Os Plásticos Tóxicos – Que Podem Eliminar Toxinas

Podemos dizer que atualmente vivemos na Idade do Plástico, dado a grande prevalência no uso desse material em praticamente tudo que consumimos. Embalagens, peças, enfeites, utensílios variados, roupas, enfim, o plástico é um material onipresente no nosso dia a dia.

Apesar de serem práticos e baratos, os plásticos também podem trazer problemas, entre eles, relativos à saúde como doenças e alergias. Veja a seguir alguns dos plásticos que podem ameaçar a sua saúde.

Policarbonato

O policarbonato tem em sua composição o Bisfenol A, um composto orgânico tóxico que pode ser liberado por produtos feitos em policarbonato, principalmente quando submetido a altas temperaturas – um líquido quente, por exemplo.

Produtos feitos com policarbonato incluem:

  • CDs, DVDs e similares
  • Alguns garrafões de água
  • Na indústria da construção, utilizado como substituto de vidros com curvatura
  • Alguns displays de produtos eletrônicos
  • Corpo de produtos eletrônicos

O policarbonato pode ser reconhecido pelo número 7 dentro do símbolo triangular de reciclagem, como mostrado na figura abaixo:

Símbolo Reciclagem Policarbonato

PVC

O PVC também pode conter o Bisfenol A quando é empregado na sua forma maleável como tapetes e até como tecidos de roupas. Na sua forma rígida, como em canos, tubos e janelas, normalmente estão livres do Bisfenol A. Além disso, o PVC pode conter ftalatos que são empregados para deixar o PVC maleável. Os ftalatos também são reconhecidos como potencialmente tóxicos.

O PVC pode ser reconhecido pelo número 3 dentro do símbolo triangular de reciclagem, veja a figura abaixo:

PVC

PET

Sim, as garrafas PET, aquelas usadas para águas e refrigerantes, também podem liberar produtos tóxicos, dos quais pode-se citar o Antimônio. Normalmente a quantidade liberada desse tóxico é inofensiva mas quando as garrafas ficam expostas e armazenadas em locais quentes, em locais com exposição ao sol, o nível da Antimônio liberado no líquido pode aumentar e ficar próximo ou superar os limites aceitáveis.

Conclusão

Não há dúvidas que os plásticos são muito úteis no dia a dia e na vida moderna mas estudos sobre os possíveis riscos de vários tipos de plásticos à saúde ainda são escassos e muitas pessoas podem sofrer de doenças relacionadas à exposição e manuseio dos plásticos.

Fontes:
http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17707454
http://pt.wikipedia.org/wiki/Bisfenol_A
http://pt.wikipedia.org/wiki/Policloreto_de_vinila

Deixe uma resposta